sexta-feira, 10 de dezembro de 2010


CHRISTIAN LOUBOUTIN




Para quem não conhece Christian Louboutin é chegada a hora de saber mais sobre este designer francês famoso entre as celebridades de todo o planeta! Para conhecer um sapato de Christian Louboutin basta olhar para a sola do mesmo, se for sola vermelha eis a sua frente um legitimo Christian Louboutin.
            A marca registrada de Christian Louboutin são as solas vermelhas e os saltos altíssimos, um charme indispensável para mulheres que sabem calçar e se equilibrar em cima de um belo salto alto. Louboutin também faz sapatilhas, e sapatos com saltos médios, mas os preferidos do designer são os saltos tipo agulha de 12 centímetros.

Se você aprecia os belíssimos sapatos de Louboutin prepare a carteira, um modelo simples custa por volta de US$ 500,00, e os mais caros ultrapassam os US$ 1.300,00. Estrelas como Katie Holmes, Beyonce, Christina Aguilera e outras celebridades são fãs ardorosas do designer e desfilam pelo mundo da fama exibindo belos modelos de Christian Louboutin.










“Qual a cor da sola? Ninguém pensa nisso, mas eu cresci numa família de mulheres obsessivas por estética, cuja máxima para a vida era 'o bom bordado se reconhece pelo avesso'. De nada adianta você comprar um sapato-luxo, para a festa-baile, se a sola é aquela de couro natural. Imagine uma mulher de costas com a curva do pé à mostra nesse bege, que sugere informalidade? Sapato-luxo pede uma sola estudada com o mesmo primor do cabedal (a parte superior).”
CHRISTIAN LOUBOUTIN


Ana Laura Bedin

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

HISTÓRIA DA MAQUIAGEM


Parece natural no homem o uso de substâncias sobre a pele, encontrado mesmo em culturas mais primitivas, ao lado de adornos e adereços.
Inicialmente com atributo religioso e cerimonial, bem como militar, um exemplo dado pela Antropologia tem-se nas pinturas corporais dos índios americanos e tribos africanas: Há as pinturas cerimoniais, com uso de substâncias vegetais como o urucum e do carvão, e ainda de argilas ou pedras moídas. Entre os Aborígines da Austrália as pinturas seguem intrincadas formas geométricas.
No Egito Antigo a maquiagem recebeu a destinação que modernamente se lhe emprega, que é essencialmente o de embelezamento. Nesta cultura a beleza física, tanto de homens como de mulheres, era realçada com o uso de pinturas à base de hena, sobretudo em torno dos olhos. Os faraós também usavam a maquiagem em cadáveres pois eles acreditavam, que ao ressuscitarem, precisavam estar belos.
A história da maquiagem
Cada década teve sua história, seu estilo. O século 20 foi veloz e revolucionário. Conheça um pouco mais sobre as influências da história na moda e na maquiagem.
Anos 30 - Olhos sofisticados e provocantes. Sobrancelhas totalmente depiladas e redesenhadas com lápis, num traço fino, ousado e marcante. Sombras de pálpebras em pó exploravam todos os matizes, indo dos castanhos aos cinzas, e inclusive ao preto para a noite. Os cílios cuidadosamente recurvados e cobertos por máscaras para cílios. Para evitar todo excesso considerado vulgar, a maquiagem da boca tornou-se mais discreta.
Anos 40 - Olhos armados de guerra. A beleza, sinônimo de saúde, era considerada um dever nacional. Os efeitos da guerra abalaram o mundo e o mercado de cosméticos teve uma queda em função da falta de matérias-primas. Graxa para as botas serviam como máscara para cílios, o carvão, como sombra de pálpebras, a graxa para sapatos como tintura para as sobrancelhas e pétalas de rosa embebidas em álcool produziam um blush líquido da era vitoriana. Ao longo de todo o conflito, as estrelas usaram cabelos longos, um modo de exprimir feminilidade numa época em que muitos outros meios não eram mais acessíveis.
Anos 50 - Olhos de gazela.Modelados pela sombra nas pálpebras, o lápis de sobrancelha, a máscara para cílios e sobretudo o delineador. A importância da maquiagem dos olhos trouxe uma infinidade de criações e reformulações de produtos. A maquiagem realçava a palidez da pele e a intensidade dos lábios. Os pós-de-arroz e compacto estavam mais que presentes.
Anos 60 - Olhos de adolescente. Ultra-maquiados transparecendo uma ousadia inocente.Na mesma época, surgiram as minissaias e as mulheres começaram a deixar de lado o clássico e então "ultrapassado" visual fatal. A feminilidade transitava entre o comportado e o irreverente. As cores eram fortes, puras, verdadeiras: rosa-choque, dourado, verde, violeta e laranja. Os anos 60 marcam o início da cultura pop americana.
Anos 70 - Olhos em busca de liberdade. A beleza toma um aspecto moral e psicológico. Não existem mulheres feias, há somente mulheres que ainda não se conhecem. Pela primeira vez na evolução da beleza, homens e mulheres podiam escolher sua aparência seguindo seu estilo de vida pessoal, e não somente as exigências da moda. A maquiagem e os cortes de cabelo se tornaram, mais que nunca, meios de expressão de escolhas. Cabelos livres, pele bronzeada e lábios brilhantes fizeram dos anos 70, uma década de beleza explosiva.
Anos 80 - Olhos cheios de movimento. Sob as luzes estroboscópicas, a juventude dourada e coberta de lantejoulas tinha os lábios muito vermelhos, os olhos pintados de azul-elétrico e as maças do rosto realçadas por blushes cor de tijolo. Os códigos de beleza começavam a mudar de acordo com as estações do ano. A sombra passava do castanho ao violeta e era esfumaçada, em arco-íris. Os cílios eram alongados com máscaras coloridas (verde relva e azul piscina) e a prova d'água. No topo dos anos 80, triunfava Madonna, que foi um marco da década em que era proibido "fraquejar". A beleza virou competição e as mulheres passaram a cuidar muito do corpo. Os músculos demonstravam que elas não seriam mais intimidadas.
Anos 90 - Olhos menos cintilantes e mais decadentes. Cansada dos agitos dos anos 80, as mulheres dos anos 90 apresentam uma beleza esquálida e perturbadora que representa uma sociedade em fase de mutação. Tatuagem e piercings fazem do corpo um campo de expressão da feminilidade "debochada".
De 2000 aos tempos atuais - Olhos espirais levam ao túnel do tempo.
Fragmentos de todas as décadas passadas se misturam e contam um pouco da história da beleza feminina através dos tempos. Com a chegada do novo milênio, os diversos aspectos adotados pela beleza nos serviram de espelho. A aparência, em manifestações diversas e imagens extremas, refletiu os processos de transformação. Os dois últimos anos misturam todos os possíveis estilos de moda e maquiagem. Trazem a classe e a elegância do início do século, a delicadeza sexy dos anos 60, a irreverência dos anos 80 e a "apatia" em tom de protesto dos anos 90.
Texto extraído da: http://pt.wikipedia.org/wiki/Maquilhagem

Fernanda Raquel

Maquiadores sem Limites...


Quando se trata de prestar um serviço a alguém, devemos levar em conta o gosto da pessoa, seu estilo, e a impressão que esta pessoa quer causar... Isto às vezes causa um bloqueio no trabalho do maquiador... Odeio quando as pessoas chegam para mim e dizem: -“uma coisinha bem discreta, viu?!” Mas tudo bem, cada um tem estilo e gosto próprio, e devem ser respeitados.

Mas então quando poderemos expressar toda nossa criatividade? Maquiagem Artística!

Com ela podemos por toda a nossa criatividade para fora, usando cores e traços que jamais usaríamos em maquiagens convencionais... Esta é a hora de ousar...
Mas para isto é necessário ter mão hábeis e muita criatividade na hora de compor a maquiagem e escolher acessórios que irão ajudar nesta composição, como plantas, tecidos, rendas, etc. não que somente a maquiagem não valha, mas na minha opinião são  os detalhes que fazem toda a diferença...

Não podemos confundir a Maquiagem Artística com a Maquiagem de Caracterização. A primeira arte é ligada ao abstrato, à natureza, pode ter ou não limites de expressões, mesmo porque a Maquiagem de Caracterização está voltada a caracterizar alguma coisa ou um personagem, enquanto o artístico está mais preocupado com o efeito visual e o belo em um contexto geral.
 
Trabalho realizado pelas acadêmicas Fernanda Raquel, Ana Lúcia Braga e Caroline Gonçalves do curso de Estética e Cosmética da ULBRA - Canoas

Fernanda Raquel

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Dicas de como combinar camisa e gravata

Hoje em dia, cuidar da aparência e estar vestido adequadamente às ocasiões é imprescindível, portanto combinar a camisa com a gravata é fundamental, por isso devemos ter alguns cuidados na hora desta escolha tão importante, e a seguir vão algumas dicas úteis e interessantes:
Nas combinações as camisas brancas e azuis caem muito bem com todos os tipos de gravatas e aceitam diferentes combinações. Quando optar por uma listrada é necessário ter mais cuidado na escolha da gravata, pois requerem atenção tanto com a largura das listras, quanto com as cores. Já as camisas com quadriculado pequeno ficam melhores com fundo neutro como branco e azul para ocasiões mais formais.


As camisas com xadrez (tipo escocês) são bem mais difíceis de combinar. A regra básica para combinar o visual com o terno, caso vá utilizá-lo, continua sendo a harmonia de cores com a camisa, mesmo que elas tenham padronagens ou texturas. Se a gravata tiver textura ou cor, ela pode ser usada com terno risca-de-giz, mas não use com camisas estampadas. Com exceção das camisas com listra ou quadriculados discretos, que ficam bem com gravatas de poás.
As gravatas podem ser as tradicionais ou as mais finas. Fique atento a altura correta da gravata que deve ser até o começo da fivela do cinto. Para o nó da gravata, faça o que sabe melhor, considerando que o colarinho italiano precisa ser preenchido.

Tabelas de Apoio para escolha da gravata
tabela-gravatas
 


NÓS DE GRAVATAS:
Alem de combinar a camisa com a gravata, dar o nó na gravata é outra dificuldade bastante comum entre nós homens, por isso decidi postar algumas dicas de nós.


Nó simples, um dos mais utilizados:

1-Coloque a gravata ao redor do pescoço deixando a ponta larga mais comprida que a ponta fina (a ponta fina pode estar na altura do 4º botão da camisa).
2-Passe a ponta mais larga por baixo da fina, dando uma espécie de laço.
3-Complete a volta ao redor da ponta fina e saia com a ponta larga por dentro da região do pescoço.
4-Ainda com a ponta larga, passe-a dentro do anel formado dentro do laço que foi dado.
5-Ajuste o nó de forma adequada, não deixando muito apertado nem muito largo e ajeite a gravata.


Como dar nó em gravata: Nó Francês. Foto:TieKnot

Nó Francês:

Ideal para gravatas estreitas.

1- Com a gravata em volta do pescoço e a ponta mais ampla com maior comprimento, pegue a parte mais ampla e passe por baixo da parte mais fina, na transversal, saindo pelo orifício da região do pescoço.
2-Ao sair dê outra volta com a região mais ampla na mais estreita e novamente, passe por dentro da região onde está o pescoço, de baixo para cima.
3- Ao sair da região do pescoço, passe a mesma ponta (mais ampla) por dentro da laçada. Ajuste o nó e a gravata.


Nó pequeno:

Este nó menor é indicado para gravatas de espessura mais grossa ou colarinhos menores.

1- Passe a ponta mais ampla da gravata por baixo da ponta fina, dando uma volta sobre ela e saindo na região do pescoço, de cima para baixo.
2- Ao sair dessa região, passe por dentro do laço formado pela volta. Ajuste a gravata e o nó de forma confortável.


Nó cruzado:

Embora um pouco complicado de realizar, é um nó bastante elegante e sofisticado.

1-Do mesmo modo, passe a ponta mais ampla por baixo da mais estreita, saindo na região do pescoço, de cima para baixo.
2-Ao sair da região, volte e dê outra volta ao redor da parte mais estreita, agora em lado contrário à primeira volta, também saindo pela região do pescoço, de cima para baixo.
3-Passe dentro do laço formado pelas voltadas e ajuste o nó ao pescoço.


Agora é só seguir as dicas, e prestar atenção nas tendências, pois apesar de não ter uma variação muito intensa, as roupas socias também sofrem mudanças.


João M. M. Machado
 

E-mail: analaurabedin@hotmail.com




Ana Laura Bedin

Cabeça Verde...


Cosméticos com ativos extraídos da natureza são tendência mundial como forma de preservar o meio ambiente e os cabelos. Confira aqui os mais bacanas para deixar a cabeleira maravilhosa!!
É um caminho sem volta: a preocupação com a sustentabilidade e a onda de ser o mais natural possível dominaram o mercado e quem não se der conta disso em breve vai ficar obsoleto. Para ajudar os profissionais, os fabricantes abraçaram a causa e lançam a cada dia novos ingredientes naturais capazes de operarem maravilhas nos fios, mesmo nos mais danificados. Há preocupações para diminuir as agressões ao meio ambiente e à saúde do consumidor. “O mercado está ávido por itens de origem vegetal. Os ativos naturais não têm somente o exotismo como atrativo, mas também suas propriedades de eficácia cientificamente comprovada”, comemora a técnica Carla Miyata, da Schwarzkopf Professional. Claro que os compostos químicos não devem sumir do mercado. Afinal, algumas ações ainda só são conseguidas com eles, como coloração ou alisamentos. Mas nada impede que ao lado da química esteja um ativo natural para neutralizar os efeitos danosos. “As empresas buscam matérias-primas de origem natural pois são na grande maioria menos agressivas à pele e ao cabelo, preservando mais sua estrutura natural e diminuindo o potencial de irritabilidade dos produtos”, explica o gerente de marketing Adriano Tobias, da Tânagra Cosméticos. Isso não significa que produtos com ativos naturais sejam completamente livre de contraindicações – é preciso ficar de olho nos outros ingredientes da fórmula. “Os ativos naturais são livres de solventes e os processos de extração são biotecnólogicos, desta maneira é possível conseguir fórmulas eficientes e suaves, além de preservar a natureza quando os produtos são descartados”, diz o gerente técnico Sérgio Marucci, da Mediterrani Professional. “Algo que nos favorece muito é a biodiversidade brasileira, onde encontramos ativos cada vez mais eficazes”, lembra a gerente técnica Eliane Nogueira, da Felithi Cosméticos. Com tantas descobertas, quem sabe um dia vamos ficar livres dos ativos criados em laboratórios?
Confira alguns tratamentos profissionais com ativos naturais
Reestruturação capilar
MIDOLLO DI BAMBOO, ALFAPARFMILANO
Idealizado para cabelos danifiCados, o tratamento possui princípios ativos do extrato de bambu, ricos em proteínas, vitaminas e sais minerais, que agem profundamente nos fios. Tem proteínas do trigo, para devolver brilho e maciez, e óleo de algodão, dando maior elasticidade e brilho aos cabelos. O tratamento com a linha começa com o xampu, depois é aplicado um creme ou uma máscara, seguido pela loção renovadora e spray de tratamento. Se os fi os precisarem de nutrição ainda mais profunda, basta acrescentar no passo a passo a ampola Cauterization Serum.
RECONSTRUÇÃO PLÁSTICA DE ARGILA, CADIVEU
A reconstrução de cabelos danificados é feita pela argila branca, que possui ação adstringente e age nos poros do couro cabeludo, acelerando o crescimento dos fios. O sistema possui também açaí, aminoácidos revestidos e cisteína, que trazem força, brilho e maciez. A aplicação é realizada com Shiatsu Capilar, técnica de massagem para obter o resultado ideal.
LINHA LÓTUS, SCHWARZKOPF PROFESSIONAL
A base de óleo de amaranth, flor de lótus azul – agente revitalizante – e aqualol, a máscara da linha Seah restabelece e mantém a hidratação do cabelo, prevenindo a perda de água e retendo as moléculas hidratantes. Condiciona, fortalece e suaviza o cabelo deixando-o macio e maleável.
ANDIROBA AMAZÔNICA , MAXILINE
O tratamento é feito com três produtos: xampu, revitalizador e finalizador. Toda a linha é formulada com a andiroba, planta amazônica cujo óleo deixa os cabelos sedosos e brilhantes, além de ter poder cicatrizante e antiséptico. Os ativos também impedem a perda de água dos fi os, por isso a indicação para cabelos porosos, ressecados e danificados.
Hidratação
HYDRARESCUE, REVLON
Esse tratamento possui creatina (ativo que restaura e evita a quebra), vitaminas A, E, B3 e H e extratos vegetais de jojoba, castanha de cavalo e extrato de algas são as apostas do fabricante para cabelos secos, frágeis, com pontas duplas e difíceis de desembaraçar. O cabelo é lavado com o Hydra Rescue Shampoo, então o tratamento termoativado Hydra Rescue Repair é aplicado o calor a 120° C da prancha “estoura” as bolinhas do creme de hidratação, como se fosse pipoca! Esse efeito solta todas as propriedades nutritivas nos fi os, fazendo-as penetrar profundamente. Para finalizar, o Brilliant Hydra Elixir confere brilho intenso.

SHITAKEPLUS , BIO EXTRATUS

O cogumelo comestível nativo do leste da Ásia é rico em antioxidantes, proteínas, aminoácidos e vitaminas B, C e D. Aos cabelos ele é capaz de oferecer nutrição profunda e reposição de sais minerais importantes para a saúde dos fios, como cálcio, fósforo, ferro e potássio. O resultado é brilho intenso, leveza e recuperação da fibra capilar. O processo conta com xampu, condicionador, máscara, elixir nutritivo e finalizador termoprotetor.

LINHA PH CARE , TÂNAGRA COSMÉTICOS

Indicado para cabelos com mechas, luzes e balaiagens, o tratamento conta com a cera da casaca de limão, poderoso hidratante e emoliente. Além disso, sua fórmula promove a secagem mais rápida dos fi os, diminuindo o ressecamento do secador. O processo completo é composto por xampu, máscara, condicionador e leave-in.
AMPOLA MOISTURE REPAIR , MEDITERRANIPROFESSIONAL
Em apenas 5 minutos, o tratamento hidrata cabelos quimicamente processados ou ressecados pelo styling. Já na primeira aplicação, o cabeleireiro consegue selar as camadas cuticulares dos fios, além de obter brilho e maciez duradoura. Sua formulação é rica em extrato de mel, que tem ação emoliente, queratina hidrolisada e extrato de pitanga, que tem ação oxidante. Para todos os tipos de cabelos, o produto deve ser aplicado após a limpeza dos fios, por toda a extensão. Em seguida, basta aguardar 5 minutos e enxaguar.
KIT KERADVANCE EXPRESS , LUSTY
O xampu, a máscara e o leave-in contam com a ação das proteínas de seda, que conferem brilho e elasticidade aos fi os. Além de extrato de chá verde, antioxidante de propriedades antisséptica e adstringente, perfeito para equilibrar a oleosidade natural
do couro cabeludo. Por último, possui manteiga de manga, ativo altamente emoliente e hidratante.
Controle de volume
AQUALIZE TEXTURIZAÇÃO TÉRMICA, AMÓS
Livre de formol, a escova modeladora dura 20 lavagens e pode ser feita em cabelos com química. No início do processo, um xampu de limpeza profunda à base de ácido de frutas e extrato de menta abre as escamas. Em seguida, o produto que faz a texturização (feito com proteínas ácidas e óleo de camelina sativa) é aplicado e age por 20 a 30 minutos. A máscara revitalizante de manteiga de manga, óleo de canola e óleo de camelina sativa proporciona condicionamento e hidratação intensa. Por último, um composto por nanoproteína da seda dá o polimento nos fios.
DOCEURD ’ HUILES ,
LINHA NA TURE, L’ORÉAL PROFESSIONNEL

Próprios para os cabelos rebeldes e indisciplinados, os farelos e extratos de oliva amaciam, disciplinam e deixam as fibras nutridas e brilhantes. Composto por pré-xampu Huille de Richesse, xampu Doucer d’Huiles e máscara Doucer d’Huiles, a sugestão é que se finalize o tratamento com um leave-in modelador, antes de proceder a escova. Toda a linha Nature foi criada com ativos de origem natural em altas concentrações, sem parabenos, sem silicones, fragrâncias de origem 100% natural e sem corantes (ou corantes naturais).
SLIMMING CAPILAR , KÉRASTASE
Com complexo Cera-Trioleum, o tratamento conta com o óleo de camelina para conferir hidratação, maciez e brilho, óleo de damasco, que promove nutrição interna, e óleo de pracaxi, responsável por criar a proteção hidrofóbica ao redor da fibra. O ritual associa duas monodoses de Kérastase – o duo oléo-morphose, composto por uma bisnaga com um gel-creme e uma ampola com um sérum, a Máscara Oléo-Relax Slim e o Creme Oléo-Relax Slim.
VITA SYSTEM, ANE ETHUN COSMÉTICA PROFISSIONAL
Formada por xampu, condicionador, máscara e modelador de cachos, a linha Vita System é indicada para cabelos cacheados ou ondulados, pois evita o ressecamento e a porosidade, características bastante comuns a estas texturas de fios. O fluído de abacate da fórmula tem como objetivo restaurar a camada lipídica dos fios, por ser rico em proteínas, ácidos graxos e complexo vitamínico.
Cor protegida
NEW COLOR EXTEND, REDKEN
Composto por xampu, condicionador, máscara, spray e sérum, a linha de tratamento promete evitar o desbotamento da cor, reparar, condicionar e proteger a fibra capilar dos agressores ambientais. Um dos componentes chave da fórmula é o óleo de cranberry, que traz uma infusão de alto brilho e condicionamento aos cabelos, garantindo a vitalidade máxima da cor.

COLORFIX , MATRIX

Tratamento antidesbotamento com máscara Biolage Delicate Care, que fixa a cor desde o dia da coloração e aumenta sua durabilidade. A linha, composta por xampu, máscara e creme para pentear, é sem sulfato, para evitar a eliminação do pigmento. Conta com o Complexo Antioxidante de Açaí e Óleo de Argan, que protege contra os danos os radicais livres.
Força extra
AGE REVITALIZE , FELITHI COSMÉTICOS
Tratamento anti-idade que ajuda a dar força aos cabelos, alinhar a fibra capilar, reduzir o frizz, dar brilho e suavidade, além de prevenir futuros danos nas fibras capilares. Para chegar a este objetivo, a marca desenvolveu o complexo Eco-Age, elaborado com os ativos da fl ora brasileira maracujá, guaraná, cupuaçu, muru muru, pitanga e acerola, aliados com ativos tecnológicos ricos em vitaminas, silicones nobres e proteínas vegetais. O tratamento é composto por xampu, máscara e leave-in.
COSMÉTICA VERDE
Hoje, no Brasil, não há regulamentação para um cosmético ser considerado natural. “Para a fabricação de produtos naturais, é necessária a busca de matérias primas de fontes que seguem os princípios da química verde”, diz a diretora de novos negócios da Chemyunion, fabricante nacional de ingredientes cosméticos e dermocosméticos. Além disto, há ingredientes considerados proibidos para estes cosméticos, como alguns conservantes e solventes. Vanessa Arruda, coordenadora de novos negócios da mesma empresa, acrescenta que o processo de produção é fundamental importância para desenvolver cosméticos em conformidade com a preservação do meio ambiente.
Precisa envolver, por exemplo:
- utilização de matérias primas naturais de fontes sustentáveis
- desenvolvimento de novas rotas tecnológicas que diminuam o uso de substâncias tóxicas
- reaproveitamento de água
- produtos livres de: conservantes, óxido de etileno, sulfatos, etc.
- embalagem reciclável

Gabriela de Oliveira 

Conheça os estilistas mais famosos do mundo da moda e as tendências para o verão 2011

Quem: YVES SAINT LAURENT

Fundador: Yves Henri Donat Mathieu Saint Laurent
Quando: 1962
Onde: Paris, França
Designer: Stefano Pilati

Carmen Mayrink Veiga usando vestido longo de Yves Saint-LaurentHistória: Ao contrário do que se pensa, Yves Saint Laurent nasceu na Algéria, e não na França. Começou a trabalhar cedo, aos 17, já em Paris. Publicou alguns desenhos na Vogue francesa e participou de um concurso (o mesmo onde Karl Lagerfeld foi descoberto) e seu vestido vencedor chamou a atenção de Christian Dior, que o convidou para ser seu assistente. Quando Dior morreu, em 1957, Saint Laurent o substituiu na direção da casa, mas por pouco tempo. Em 1960 foi convocado para servir ao exército na Argélia e forçado a passar a batuta da Dior para Marc Bohan. Ao voltar, abriu sua própria maison e fez seu primeiro desfile em janeiro de 1962, iniciando uma era de elegância, sofisticação e inovação no vestir feminino. Um de seus maiores sucessos de vendas foi o tubinho Mondriand, estampado com uma tela do pintor holandês de mesmo nome, que virou um ícone da moda. Abriu em 1966 a boutique YSL Rive Gauche em Paris, quebrando um tabu, ao ser o primeiro estilista de alta-costura a abrir uma loja de prêt-à-porter. Nesta mesma época, criou o smoking feminino, que chocou o mundo todo nos anos 1960. Naquele tempo, mulheres que vestiam calças eram discriminadas e às vezes até proibidas de entrar em alguns lugares. O smoking e seu terninho feminino dRive Gauche Pour Homme, perfume da Yves Saint Laurent eram poder às mulheres da época, revolucionando a maneira como se vestiam. Muitos países, culturas e etnias inspiraram suas coleções, que passaram a ser divididas em feminina e masculina a partir de 1971. As peças masculinas foram bem recebidas e Yves foi o garoto-propaganda da primeira campanha, posando nu para o fotógrafo Jeanloup Sieff. Desenhou cenários e figurinos para o teatro, criou fragrâncias e desenhou uniformes para a Copa do Mundo de futebol de 1998. No ano seguinte, vendeu suas marcas para o grupo Gucci, mas se manteve na direção da linha de alta-costura, enquanto Tom Ford foi escolhido pelo grupo para cuidar da YSL Rive Gauche. Desgostoso com os rumos do mercado e de sua marca, despede-se das passarelas em 2002 com um desfile emocionante, que apresentou todas as suas maiores criações e contou com a participação da musa e amiga Catherine Deneuve, atriz francesa. Saint Laurent faleceu no início de 2008 após anos lutando contra o câncer, em sua casa parisiense. Atualmente, a marca não conta mais com a linha de alta-costura. O estilista italiano Stefano Pilati coordena as linhas prêt-à-porter feminina e masculina.


Quem: LOUIS VUITTON

Fundador: Louis Vuitton
Quando: 1854
Onde: Paris, França
Designer: Marc Jacobs

Bolsa da Louis VuittonHistória: Se Louis Vuitton estivesse vivo hoje, teria mais de 150 anos de vida! O fabricante de malas francês abriu sua primeira loja em 1854, onde vendia baús e malotes em couro. Trabalhou para a nobreza francesa, que ajudou a estabelecer seu nome no ramo, mas o monograma que identifica a marca foi criado apenas em 1896, assim como a estampa quadriculada da marca. A partir dos anos 1930 produziram bolsas femininas e abriram mais lojas pelo mundo. Nos anos 1970 a Louis Vuitton já tinha unidades até no Japão e faturava milhões por ano. A próxima década trouxe mais lojas na Ásia e um investimento audacioso; a fusão com as empresas de bebidas Möet et Chandon e a Hennessy, que deu origem ao maior conglomerado de marcas de luxos que o mundo já viu. Nos anos 1990, a marca já tinha mais de 130 lojas e resolveu investir em novos ares: livros de viagem e canetas. Em 1998, Marc Jacobs foi contratado como diretor artístico e desenvolveu uma linha de roupas femininas e uma masculina para a Louis Vuitton. Marc também criou uma linha de jóias e relógios. Nos últimos anos, ele tem investido na parceria com outros estilistas para criar versões inusitadas e coloridas do monograma criado há mais de 100 anos pelo filho de Louis Vuitton. Jacobs conseguiu renovar a cara das bolsas, mantendo os modelos mais tradicionais e a fidelidade das fãs da marca. Ao mesmo tempo, cuida de suas duas marcas próprias: Marc Jacobs e Marc by Marc Jacobs, que participam da semana de moda de Nova York. Apesar da linha de produtos variada da Louis Vuitton, as bolsas ainda são o prato principal da marca e são muito procuradas e falsificadas pelo mundo.



Quem: LANVIN

Fundadora: Jeanne Lanvin (1867 - 1946)
Quando: 1890
Onde: Paris, França
Designer: Alber Elbaz

Danielle Winits, com vestido LanvinHistória: Assim como Chanel, Lanvin iniciou a carreira na chapelaria. Também foi aprendiz de costureira e logo se voltou para os vestidos. Em 1909 entrou para a Câmara de Alta Costura parisiense. Criou roupas infantis para sua irmãzinha e para sua filha, que foram encomendadas por várias mães que queriam se vestir combinando com as filhas. Os vestidos eram seu ponto forte, com modelos românticos e de estilo oriental, que eram facilmente reconhecidos por seus bordados diferenciados e acabamento impecável. Seu tom preferido, um azul forte, foi tão utilizado em suas coleções que foi batizado de “azul Lanvin”. Lanvin era uma mulher empreendedora; expandiu sua marca em diversos departamentos em pouco tempo. Havia os departamentos infantil, juvenil e adulto femininos, a Lanvin Parfums, Lanvin Decorations, Lanvin Sports, com lojas separadas por setor. Havia também uma linha de lingerie, uma de peles e uma camisaria. Após sua morte, a empresa e a direção de criação passaram para as mãos de sua filha, Marie-Blanche de Polignac, mas muitos outros estilistas passaram pela marca. Em 1989 foi criado o prêt-à-porter masculino, paralelo aos departamentos femininos. Em 1996 o brasileiro Ocimar Versolato passou pela direção da linha feminina, por três coleções. Hoje em dia, o estilista Alber Elbaz está à frente da criação das linhas femininas que imprimem o nome e o glamour dos vestidos idealizados por Jeanne Lanvin.

Day Bueno

Tendências de Moda do Verão 2011


TENDENCIAS MODA VERAO 2011 CAPA thumb Tendências de Moda do Verão 2011



Depois do post sobre as tendências de moda do inverno 2010 foram tantos e-mails pedindo uma versão para a moda verão 2011, que não deu outra, mesmo estando longe da estação, resolvi escrever sobre as propostas que saíram nas ultimas semanas de moda no Brasil e que, a meu ver, tem tudo para invadir as ruas na próxima estação. Confira o alfabeto fashion das tendências de moda do verão 2011!

TENDENCIAS MODA VERAO 2011 thumb Tendências de Moda do Verão 2011


Azul Turquesa: A cor se destacou no Fashion Rio Primavera-Verão 2011, tanto em roupas, quanto na beleza. A tendência da cor promete ser presença marcante na próxima estação.

Babados: Os babados estão em alta desde o verão passado e nas ultimas semanas de moda apareceram nos desfiles de vários estilistas. Acredito que sempre são ótimas apostas para as fashionistas que adoram um look meio romântico. Veja como usar babados valorizando seu corpo.

Brasileirismo: Estampas com referências regionais e bem brasileiras são ótimas apostas para o verão 2011 e tem tudo para durar várias estações.

Cortes e recortes: Os cortes e recortes foram predominantes nos maiôs e biquínis e já podem ser considerados a modelagem das peças na próxima estação.

Chapéus: Os Chapéus chegaram como novidade nas tendências de moda do inverno 2010 e se depender das ultimas semanas de moda no Brasil vão ficar em alta por um bom tempo. Veja os chapéus da moda verão 2011!

Cintos: A cintura do verão 2011 é bem marcada, aposte nos cintos, dando preferência aos fininhos em uma vibe meio vintage.

Decotes: Os decotes foram democráticos nas semanas de moda e tem modelo para todos os gostos, encontre um que lhe valorize e arrase na moda verão 2011.


TENDENCIAS MODA VERAO 2011 2 thumb Tendências de Moda do Verão 2011


Estampas: Muitas estampas desfilaram nas semanas de moda no Brasil. Aposte nas estampas animais, florais, gráficas, étnicas e brasileiríssimas.
Flores: A tendência de flores foi tão grande que preferi destacá-las além das estampas. Flores grandes, flores pequenas, flores de todas as formas são grandes apostas para os tecidos da moda no verão 2011.
Geometria: Estampas geométricas são também são grandes apostas para o verão 2011. Aposte nelas em detalhes, calças, blusas, saias e acessórios.
Insinuação: A insinuação da moda verão 2011 vem em forma de transparências, mas aconselho a maneirar na audácia e mostrar o mínimo possível. Veja como usar roupas transparentes!
L – O
TENDENCIAS MODA VERAO 2011 3 thumb Tendências de Moda do Verão 2011
Legging: As leggings também apareceram nas semanas de moda do verão 2011 e creio que devem continuar em alta, já que muitas das fashionistas que aderiram ao look adoraram o conforto que as mesmas proporcionam. Aposte nas leggings coloridas e estampadas.
Maxi Colares: Os maxi colares da moda verão 2011 são mais longos que os modelos em alta no inverno 2010( os maxi colares do inverno 2010 são volumosos e curtinhos, lembra?). Usar e abusar do acessório em cores e misturando vários materiais são ótimas ideias.
Nude: A cor nude sobrevive como tendência fashionista e fica em alta por mais uma estação. Ótima aquisição na época de liquidações; fique de olho!
Olhar Destacado: Muitas cores, sombras e muito delineador formarão a maquiagem do verão 2011.
O – R
TENDENCIAS MODA VERAO 2011 4 thumb Tendências de Moda do Verão 2011
Oxford: A ankle boot é o sapato do inverno 2010, mas, ao que parece, no verão 2011 é a vez do Oxford, baixinho, grudar em nossos pezinhos.
Paletós curtos: Paletós, blazer e casaquinhos curtos são ótimas apostas para o verão 2011, principalmente para as noites, e muitas marcas investiram nas peças, fique de olho!
Pescador: O verão 2011 é das calças curtas e enroladas no melhor estilo pescador, pelo menos elas foram presença marcante nas semanas de moda brasileira.
Redes: Sabe as redes que os pescadores usam? Se encontrar camisas furadinhas ou qualquer peça de roupa no estilo, agarre, pois no verão 2011 elas estarão super em alta.
S – X
TENDENCIAS MODA VERAO 2011 5 thumb Tendências de Moda do Verão 2011
Saias Cintura Alta: A Saia cintura alta permanece super em alta na moda do verão 2011, vale a pena investir no modelo.
Unhas Coloridas: Esmaltes coloridos já podem ser considerados os novos batons, ou seja, indispensáveis em qualquer look fashionista. No verão 2011 as variedades em cores só tendem a crescer, então é só encontrar as que melhor te valorizem, já que o fato de uma cor ser linda e ficar ótima em uma amiga, não a torna perfeita para todo mundo, né? Bom senso sempre é fundamental.
Vestidos: Vestidos e mais vestidos são as peças chaves da estação. Vale destacar os vestidos florais, a cara da próxima estação, e a lei dos extremos, em resumo, os vestidos da moda verão 2011 serão ou muito curtos ou muito longos.
Xadrez: A moda xadrez continua em alta no verão 2011 e é mais uma tendência que levaremos do inverno 2010 para a próxima estação.

Day Bueno

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

As celebridades mais estilosas do ano...

As celebridades viraram ícones da moda e ditam as tendências no mundo inteiro. Não é à toa que muitas revistas e sites especializados em famosos e moda criam rankings no final do ano com os mais bem vestidos e mais estilosos do mundo.
A revista 'Instyle' listou os 20 casais mais estilosos do momento. O par da saga 'Crepúsculo', Robert Pattinson e Kristen Stewart lidera o ranking. Robert teve seu estilo classificado como "garoto de escola pública" e Kristen foi enaltecida em seu jeito "americano e descompromissado para a moda".
Sarah Jessica Parker e seu marido, Matthew Broderick, ficaram com a segunda posição da lista. A estrela de 'Sex And The City' chamou a atenção aparecer ao lado do ator na première do segundo filme usando um vestido Valentino.
O terceiro lugar ficou com Johnny Depp e sua esposa, a atriz francesa Vanessa Paradis. A 'InStyle' usou como o exemplo, as fotos do casal no Oscar de 2008.
Olivia Palermo e Johannes Huebl ficaram na quarta posição. O famoso casal Demi Moore e Ashton Kutcher oucuparam o quinto lugar. Jennifer Lopez e Marc Anthony ficaram com a sexta posição. Recentemente o casal fechou uma parceria com a marca Kohl's para desenvolver uma linha de roupas.
A top Kate Moss e seu affair, Jamie Hince, ficaram em sétimo lugar. Os intérpretes de Bill e Sookie na série 'True Blood', Anna Paquin e Stephen Moyer, seguem em oitavo lugar. O casal teen do momento não ficou de fora. Zac Efron e Vanessa Hudgens ocuparam o nono lugar na lista.
O astro de Hollywood Matthew McConaughey e a modelo brasileira Camila Alves fecham a primeira dezena do ranking.
Tom Cruise e Katie Holmes, Gwen Stefani e Gavin Rossdale, Sienna Miller e Jude Law, Maggie Gyllenhaal e Peter Sarsgaard, Penélope Cruz e Javier Bardem, Orlando Bloom e Miranda Kerr, Gisele Bundchen eTom Brady, David e Victoria Beckham, Keira Knightley e Rupert Friend e Príncipe William e Kate Middleton ocupam as próximas 10 posições respectivamente.
Carmen Rodrigues